Por que os homens só pensam naquilo?


Ainda hoje paira no imaginário coletivo a crença que os homens não prestam, que são todos safados e que só querem sexo. Será mesmo?


Tenho me deparado com uma situação corriqueira no consultório: a crença, por parte de muitas mulheres, que os homens só querem sexo. Pode parecer um pouco arcaico, mas ainda paira no imaginário coletivo feminino a crença que os homens não prestam, que são todos safados e que só querem – perdoem o termo – comê-las. Elas interpretam isso de forma pejorativa e não conseguem ter uma visão mais ampliada e positiva sobre algumas características.


É claro que existe muita gente malandra por aí, mas desvio de caráter não atinge só a população masculina, ele atravessa classes sociais, gênero e cor. Portanto, generalizar e dizer que homem não presta é no mínimo uma grande injustiça, pra não dizer machismo às avessas. Sem contar que querer só sexo não faz de ninguém perverso ou mau-caráter.


Bem, deixemos o povo mau-caráter de lado e vamos ao que interessa: homens e mulheres têm funcionamentos diferentes. Suas diferenças são biológicas, culturais, sociais e psicológicas. Biologicamente os homens são mais dirigidos para o sexo do que as mulheres, mas só isso não explica por que, aparentemente, eles pensem mais em sexo do que elas. Os homens nunca foram estimulados a demonstrar afeto; ao contrário, foi negada a eles a livre expressão de sentimentos e emoções. Felizmente, isso está mudando muito, as crianças estão começando a receber outro tratamento, mas os comportamentos dos adultos de hoje denunciam os reflexos da educação que predominou até agora. A única via de expressão de afeto que era permitida – e não só permitida como incentivada – sempre foi a via sexual. Homem que arriscasse a demonstrar de outra forma era tido como sensível demais e isso não era visto com bons olhos.


As consequências dessa repressão são muitas, mas a dificuldade que boa parte dos homens tem de expressar e de nomear afeto é a que me chama mais atenção. Como a expressão através do sexo foi a forma que se desenvolveu mais, é por esse caminho que eles também expressam carinho, amor, admiração e até ternura. É por isso também que é muito comum os homens ficarem confusos com as mulheres. Eles raramente sabem quando elas estão sendo só simpáticas e quando estão, de fato, dando mole para eles. Assim como também é frequente o homem sentir carinho e admiração por uma mulher e levar isso para o lado do tesão. Portanto, sexo é também a forma através da qual eles se preenchem e doam afeto.


Esse cenário deverá mudar muito para as gerações futuras. O comportamento dos homens já está mudando bastante, mas acredito que nas próximas duas ou três décadas veremos uma grande transformação nos fenômenos do universo masculino. Inclusive nos aspectos emocionais e afetivos. Quem viver, verá.

#sexo #amor #afeto #conexãohumana #diferençadegêreno #homens

POSTS RECENTES

POSTS RELACIONADOS

Posts em breve
Fique ligado...

REDES SOCIAIS

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Google+ Icon